También la lluvia (2010)

31 Jul

Filme realizado por Icíar Bollaín, actriz e realizadora espanhola, e escrito por Paul Laverty, argumentista escocês e companheiro de Icíar, com Gael García Bernal e Luis Tosar nos papéis principais.
Quando Sebastián e Costa, realizador e produtor, escolhem a pequena cidade de Cochabamba, para rodar uma longa metragem acerca da chegada de Cristóvão Colombo à América, fazem-no por questões de orçamento. O argumento procura expor a repressão sobre as populações indígenas por parte dos colonizadores mas também contar a história daqueles que os denunciaram, nomeadamente os padres Bartolomé de las Casas e Antonio de Montesinos. Sendo um dos países mais pobres da América Latina, a Bolívia oferece-lhes a possibilidade de contratar figurantes por apenas 2 dólares por dia e reduzir substancialmente os custos do filme.
Paralelamente à rodagem do filme sobre Colombo desenrola-se a Guerra da Água, uma série de revoltas populares despoletadas aquando a tentativa de privatização da água na cidade e subsequente aumento de 300% nos preços praticados.

También la lluvia é um filme dentro do filme, uma história que se vai descobrindo, estrato por estrato, revelando as múltiplas subtilezas da palavra colonizar.

P.S. Ainda acerca da exploração de indivíduos pela indústria cinematográfica. Alguém se lembra do Slumdog Millionaire?

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: